#33 Herois invisíveis 2: o desafio global
#32 Auditores fiscais: heróis invisíveis
#34 Somos todes uberizades*

Abusos fiscais ocorrem em países de alta ou baixa renda. Mas as desigualdades em investimentos nas administrações tributárias e na capacitação de auditores fiscais fazem a diferença na arrecadação entre Sul e Norte Global.

O episódio #33 do É da sua conta mostra com exemplos vindos da Guiné Bissau e África do Sul que para diminuir esses abusos é preciso investir na formação e treinamento de auditores fiscais. Afinal, como arrrecadar receitas e contribuir para projetos de nação com justiça social e igualdade se esses profissionais não estiverem bem preparados?

 

 

Você ouve no É da sua conta #33:

  • A realidade das administrações tributárias de Guiné-Bissau e da África do Sul
  • As administrações tributárias em países de alta e baixa renda
  • Preços de transferências: como multinacionais manipulam preços e sonegam impostos
  • O mundo precisa avançar na democratização do debate global sobre tributação
  • A cooperação internacional para justiça fiscal
  • Consequências dos abusos fiscais por super-ricos e multinacionais

“Mais capacitação, trazer mais consultores para trabalhos conjuntos, dar mais experiências aos nossos técnicos. Tudo isso ajudaria muito nossa administração fiscal evoluir e o próprio estado a obter receitas fiscais em níveis mais aceitáveis para que não dependa tanto da ajuda exterior.”
Karim Mané, Contribuições e Impostos da Guiné-Bissau

“O fisco da África do Sul era um órgão estatal autonômo, separado do governo. Isso é um profundo reconhecimento de que o serviço de arrecadação de receitas, particularmente quando se trata de países em desenvolvimento, é importante para guiar o país rumo sua soberania fiscal.”
Johann van Loggerenberg, ex-auditor fiscal na África do Sul

“O comitê [sobre impostos] da ONU precisa ser transformado num comitê mais inclusivo, com o aumento de membros para fortalecer a participação dos países em desenvolvimento. É uma forma de fazer uma contraposição institucional da perspectiva dos países da OCDE.”
Marcos Valadão, Tax Initiative do South Centre

“Está na hora de os grandes organismos internacionais começarem a atuar e realmente ajudar os países mais pobres a enfrentar abusos fiscais.”
Clair Hickman, auditora fiscal aposentada no Brasil

“Os efeitos [dos abusos fiscais] são: os ricos ficam mais ricos e os pobres que recebem serviços governamentais reduzidos têm que pagar aqueles impostos que os ricos não pagam.”
Nick Shaxson, Tax Justice Network

Participam deste episódio:

Clair Hickman – auditora fiscal aposentada no Brasil e diretora do Instituto de Justiça Fiscal

Johann van Loggerenberg – ex-auditor fiscal na África do Sul

Karim Mané – Direção Geral de Contribuições e Impostos da Guiné-Bissau

Marcos Valadão – Tax Initiave do South Centre

Nick Shaxson Tax Justice Network

Saiba mais:

Análise de Marcos Valadão: O SISTEMA TRIBUTÁRIO INTERNACIONAL CONTEMPORÂNEO SOB A PERSPECTIVA DOS PAÍSES EM DESENVOLVIMENTO

Entrevista completa com Johaan van Loggerenberg (em inglês) no Taxcast #101: Tax Collection, a labour of love.

Download do podcast

>> Transcrição do podcast: roteiro_é da sua conta_#33

É da sua conta é o podcast mensal em português da Tax Justice Network. Coordenação: Naomi Fowler. Produção: Daniela Stefano, Grazielle David e Luciano Máximo. Dublagem: Luiz Sobrinho. Download gratuito: reprodução livre para rádios.

Mais episódios
jan. 25
2024
É Da Sua Conta
#57 Monopólio = fábrica de desigualdades
Monopólios são muito mais poderosos do que definem os dicionários. Para além do domínio econômico, possuem forte influência nas decisões políticas nacionais e internacionais, ampliam as desigualdades trabalhistas, sociais e até mesmo o grau de insegurança nas ruas. Também tornam impossível a subsistências das pequenas empresas.São os monopólios que tomam as decisões sobre os alimentos que comemos, os remédios e agrotóxicos que ingerimos, a distribuição, uso e venda de nossos dados pessoais e das informações que recebemos, falsas ou verdadeiras. Por que os monopólios são tão prejudiciais para a sociedade e como conter o poder abusivo destas gigantes corporações?
Ver informações do episódio
dez. 21
2023
É Da Sua Conta
#56 Escola de heróis tributários
Esse é o tema do episódio #56 do É da Sua Conta, especial de fim de ano e em homenagem a auditores e auditoras fiscais das administrações tributárias do Brasil e dos países africanos lusófonos.
Ver informações do episódio
dez. 19
2023
É Da Sua Conta
#55 Criminosos na Amazônia lavam dinheiro nos EUA
Desmatamentos, exploração ilegal de minérios e de madeira: parte do dinheiro sujo dos crimes ambientais na Amazônia acabam em paraísos fiscais nos Estados Unidos. Quem são os responsáveis? Como parar com isso? Esse é o tema do episódio #55 do É da sua conta.
Ver informações do episódio
out. 27
2023
É Da Sua Conta
#54 Como impostos podem promover reparação
Diversas gerações de mulheres, homens e crianças que deveriam ser livres foram ilegalmente escravizadas. Os sistemas financeiro e tributário brasileiros foram alguns dos que se beneficiaram deste crime contra a humanidade.
Ver informações do episódio
set. 28
2023
É Da Sua Conta
#53 Contaminou mais? Paga mais!
Poluição por combustíveis fósseis; contaminação do solo, rios, animais e vida humana por agrotóxicos. Tabaco, bebidas alcoólicas e ultraprocessados que prejudicam a saúde. A tributação pode colaborar para desincentivar estas e outras práticas nocivas.
Ver informações do episódio
set. 1
2023
É Da Sua Conta
#52 Convenção na ONU pode conter $480 bi de abusos fiscais
O mundo segue perdendo pelo menos 480 bilhões de dólares para os abusos fiscais, de acordo com relatório “Estado da Justiça Fiscal 2023”. Uma convenção tributária nas Nações Unidas é uma das maneiras recomendadas pela Tax Justice Network e outras justiceiras fiscais para que o mundo pare de perder recursos para paraísos fiscais.
Ver informações do episódio