#32 Auditores fiscais: heróis invisíveis
#31 Um retrato assombroso do abuso fiscal
#33 Herois invisíveis 2: o desafio global

Auditor fiscal, técnico alfandegário, cobrador de impostos. Sem essas trabalhadoras e trabalhadores não teríamos arrecadação de receitas para um governo criar e executar políticas públicas que promovam direitos, como educação, saúde, saneamento básico e muitas outras.

O É da sua conta de dezembro de 2021 traz histórias impactantes desses heróis e heroínas invisíveis e a importância do seu trabalho. Profissionais aposentados do fisco narram situações de trabalho nas quais arriscam a própria vida e especialistas falam sobre a importância de fortalecer a administração tributária em tempos de austeridade fiscal.

  • Gilvan David, que iniciou sua trajetória de auditor fiscal em Goiás nos anos 1960, conta sua história, que envolve ameaças, oferta de propinas e até o assassinato de um colega.
  • Os riscos da PEC 32, que propõe uma reforma administrativa que precariza os serviços públicos o Brasil.
  • Como valorizar o trabalho e a carreira dos auditores e auditoras fiscais.
  • Clair Hickman, auditora da Receita Federal, narra como agiu nos anos 1990, na busca de sonegadores no Brasil.
  • Os ataques às administrações tributárias globalmente.

“Naquela época [anos 1960, 1970], vários colegas foram assassinados. Um episódio ficou muito conhecido na cidade de Inhumas [Goiás]: um colega chamado Everlan estava com outro colega fiscalizando uma empresa de um cerealista. Em dado momento o empresário apanhou uma arma e disparou contra os dois auditores. O Everlan veio a óbito e o outro escapou por pouco.”
Gilvan David, auditor fiscal aposentado

“Tinha um cidadão em Curitiba que movimentava mais de US$ 20 milhões em várias contas bancárias. A gente descobriu que ele não declarava imposto de renda. Investigamos quem era a pessoa e fomos atrás. Chegamos numa casa bem simples, mal cuidada. Morava lá um senhor de uns 60 e poucos anos, cabelo já bem grisalho, com um calção quase caindo e uma camiseta toda amassada, ruim, estragada, feia. Arregalou os olhos para gente e ficamos medo. A gente se identificou e disse que precisava identificar a origem do dinheiro. A princípio ele se negou a falar, mas a gente continuou insistindo com muito jeito.”
Clair Hickman, auditora fiscal aposentada

“É preciso que os agentes do fisco tenham garantias, prerrogativas que os protejam do assédio institucional, da perseguição, da retaliação e eventualmente até mesmo da demissão.”
Charles Alcântara, Fenafisco

“Os ricos são muito bons em fazer lobby para garantir que as pessoas mais pobres paguem os impostos e eles, não paguem. Por isso a gente precisa de uma administração fiscal forte, não apenas tecnicamente forte, mas também politicamente forte.”
Nick Shaxson, Tax Justice Network

 

Participam deste episódio:

Charles Alcântara – presidente da Fenafisco

Clair Hickman – auditora fiscal aposentada e diretora do Instituto de Justiça Fiscal

Gilvan David – auditor fiscal aposentado

Nick ShaxsonTax Justice Network

>> Transcrição do podcast: Roteiro_Edausaconta_#32

É da sua conta é o podcast mensal em português da Tax Justice Network. Coordenação: Naomi Fowler. Produção e apresentação: Daniela Stefano, Grazielle David. Redes Sociais e dublagem: Luciano Máximo. Dublagem: Luiz Sobrinho. Download gratuito. Reprodução livre para rádios.

Mais episódios
jan. 25
2024
É Da Sua Conta
#57 Monopólio = fábrica de desigualdades
Monopólios são muito mais poderosos do que definem os dicionários. Para além do domínio econômico, possuem forte influência nas decisões políticas nacionais e internacionais, ampliam as desigualdades trabalhistas, sociais e até mesmo o grau de insegurança nas ruas. Também tornam impossível a subsistências das pequenas empresas.São os monopólios que tomam as decisões sobre os alimentos que comemos, os remédios e agrotóxicos que ingerimos, a distribuição, uso e venda de nossos dados pessoais e das informações que recebemos, falsas ou verdadeiras. Por que os monopólios são tão prejudiciais para a sociedade e como conter o poder abusivo destas gigantes corporações?
Ver informações do episódio
dez. 21
2023
É Da Sua Conta
#56 Escola de heróis tributários
Esse é o tema do episódio #56 do É da Sua Conta, especial de fim de ano e em homenagem a auditores e auditoras fiscais das administrações tributárias do Brasil e dos países africanos lusófonos.
Ver informações do episódio
dez. 19
2023
É Da Sua Conta
#55 Criminosos na Amazônia lavam dinheiro nos EUA
Desmatamentos, exploração ilegal de minérios e de madeira: parte do dinheiro sujo dos crimes ambientais na Amazônia acabam em paraísos fiscais nos Estados Unidos. Quem são os responsáveis? Como parar com isso? Esse é o tema do episódio #55 do É da sua conta.
Ver informações do episódio
out. 27
2023
É Da Sua Conta
#54 Como impostos podem promover reparação
Diversas gerações de mulheres, homens e crianças que deveriam ser livres foram ilegalmente escravizadas. Os sistemas financeiro e tributário brasileiros foram alguns dos que se beneficiaram deste crime contra a humanidade.
Ver informações do episódio
set. 28
2023
É Da Sua Conta
#53 Contaminou mais? Paga mais!
Poluição por combustíveis fósseis; contaminação do solo, rios, animais e vida humana por agrotóxicos. Tabaco, bebidas alcoólicas e ultraprocessados que prejudicam a saúde. A tributação pode colaborar para desincentivar estas e outras práticas nocivas.
Ver informações do episódio
set. 1
2023
É Da Sua Conta
#52 Convenção na ONU pode conter $480 bi de abusos fiscais
O mundo segue perdendo pelo menos 480 bilhões de dólares para os abusos fiscais, de acordo com relatório “Estado da Justiça Fiscal 2023”. Uma convenção tributária nas Nações Unidas é uma das maneiras recomendadas pela Tax Justice Network e outras justiceiras fiscais para que o mundo pare de perder recursos para paraísos fiscais.
Ver informações do episódio