#21 Taxar os super-ricos JÁ!
#20 Mundo perde US$ 427 bi com abuso fiscal internacional em 2020
#22 América Latina perde US$ 43 bi por ano; valor dá para vacinar toda região
Convidadxs

Estima-se que pelo menos US$ 26 bilhões anuais podem ser arrecadados na América Latina com impostos sobre grandes riquezas, o que é urgente para superar as maiores crises já enfrentadas pela nossa geração. Além de contribuir com o financiamento de ações contra essas crises, o imposto sobre riqueza é essencial para auxiliar a reduzir desigualdades. O É da sua conta #21 te convida a conhecer e participar das campanhas pela tributação de grandes riquezas.

E começa mostrando que é possível: mais de cem super-ricos defendem a tributação sobre suas grandes riquezas e participam da campanha global Milionários pela Humanidade. Especialistas latinoamericanos explicam como funcionam os impostos sobre riqueza que já existem na Colômbia e na Argentina.Também contam  a experiência dos países que ativaram esse tributo para enfrentar a pandemia: Bolívia, de forma permanente e Argentina, de forma extraordinária. E você ainda ouve as iniciativas de países que seguem tentando aprovar leis de imposto sobre riqueza na região, como Chile e Brasil.

No que depender dos ouvintes do É da sua conta taxar grandes fortunas é urgente e necessário. Destacamos a opinão de alguns deles ao longo do episódio.

Ouça no podcast:

  • Campanha global Milionários pela Humanidade
  • Experiência de tributação de grandes riquezas: Colômbia, Argentina, Bolivia e Chile
  • Campanha latinoamericana Impostos sobre Riqueza Já, apresentada pela Rede Latinoamericana por Justiça Econômica e Social (Latindadd)
  • Campanhas brasileiras para Tributar os Super-ricos, apresentadas pelo Instituto de Justiça Fiscal (IJF) e pela Fenafisco
  • Coluna do Nick Shaxson sobre implementação dos impostos sobre grandes riquezas no mundo
  • Ouvintes do É da sua conta explicam por que são a favor da taxação aos super-ricos.

Participantes desta edição:

Alejandro Rodrigues, DeJusticia

Carlos Bedoya, Latindadd

Charles Alcantra, Fenafisco

Dão Real, IJF

Julieta Izcurdia, ACIJ

Matti Kohonen, Christian Aid

Nick Shaxson, Tax Justice Network

Ricardo Martner, ICRICT

Ouvintes: Alda Cotta (Rio de Janeiro/RJ) , Carivaldo Ferreira (Ibotirama/BA), Jade Percassi (São Paulo/SP), Haroldo Ceravolo Sereza (São Paulo/SP) e Mateus Falcão (São Paulo/SP)

Mais informações:

Campanha Impuestos a la riqueza

Campanha Tributar os Super-Ricos

Campanha Milionários pela Humanidade

Imposto sobre Riqueza na Colombia  

Imposto sobre Riqueza na Argentina

Conecte-se com a gente!

Plataformas de áudio: Spotify,iTunes,Stitcher, Deezer

Inscreva-se: [email protected]

Download do podcast em MP3

É da sua conta é o podcast mensal em português da Tax Justice Network. Produção de Daniela Stefano, Grazielle David e Luciano Máximo. Coordenação: Naomi Fowler.

script_edasuaconta_21

Download gratuito. Reprodução livre para rádios.

Mais episódios
mai. 30
2024
É Da Sua Conta
#61 Passos históricos para convenção tributária equitativa
Pela primeira vez na história, os 193 estados das Nações Unidas se sentaram na mesma mesa, com igual poder de voto, pra discutir as regras de funcionamento da convenção marco de tributaçãoa internacional. A iniciativa é considerada a chance que as populações do mundo têm para que os recursos para as políticas públicas tão necessárias cheguem aos orçamentos dos Estados ao invés de serem desviados à paraísos fiscais por uns poucos bilionários e grandes corporações
Ver informações do episódio
abr. 25
2024
É Da Sua Conta
#60 Imposto mínimo global aos super ricos: como?
As propostas do EU Tax Observatory, das organizações que lutam por justiça fiscal e as expectativas do governo brasileiro na presidência do G-20 sobre o imposto mínimo global aos super ricos estão no episódio #60 do É da Sua Conta.
Ver informações do episódio
mar. 28
2024
É Da Sua Conta
#59 Primeiro justiça fiscal, depois flores!
Nós mulheres somos triplamente penalizadas: jornadas múltiplas de trabalho, recebemos menores remunerações e pagamos mais impostos dos que os homens, proporcionalmente. E é por isso que neste mês em que se comemora o Dia Internacional das Mulheres, o episódio #59 do É da Sua Conta tem como tema a Justiça Fiscal como instrumento para acabar com a desigualdade de renda e riqueza entre homens e mulheres.
Ver informações do episódio
fev. 29
2024
É Da Sua Conta
#58 Mudanças tributárias nas nossas mãos
O fim do sigilo sobre privilégios fiscais de grandes corporações no México, a revogação de um imposto injusto sobre os combustíveis na França, uma administração tributária mais transparente na Guatemala. Em comum está o fato destas medidas ocorrerem após ações bem sucedidas de pessoas, movimentos populares e organizações da sociedade civil.Estas e outras histórias de justiça fiscal nas mãos das pessoas então no livro Taxing Journey, How Civic Actors Influence Tax Policy (Jornada Tributária, como atores da sociedade civil influenciam a política tributária), organizado por Paolo de Renzio. No episódio #58 do É da Sua Conta, Paolo comenta os cinco elementos observados por ele nestas ações e que foram estratégicos para atingir o sucesso.
Ver informações do episódio
jan. 25
2024
É Da Sua Conta
#57 Monopólio = fábrica de desigualdades
Monopólios são muito mais poderosos do que definem os dicionários. Para além do domínio econômico, possuem forte influência nas decisões políticas nacionais e internacionais, ampliam as desigualdades trabalhistas, sociais e até mesmo o grau de insegurança nas ruas. Também tornam impossível a subsistências das pequenas empresas.São os monopólios que tomam as decisões sobre os alimentos que comemos, os remédios e agrotóxicos que ingerimos, a distribuição, uso e venda de nossos dados pessoais e das informações que recebemos, falsas ou verdadeiras. Por que os monopólios são tão prejudiciais para a sociedade e como conter o poder abusivo destas gigantes corporações?
Ver informações do episódio
dez. 21
2023
É Da Sua Conta
#56 Escola de heróis tributários
Esse é o tema do episódio #56 do É da Sua Conta, especial de fim de ano e em homenagem a auditores e auditoras fiscais das administrações tributárias do Brasil e dos países africanos lusófonos.
Ver informações do episódio